Propaganda Box

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Novo malware para Mac e iPhone

Não é a primeira vez que algo do tipo acontece, mas enquanto houver gente disposta a roubar o trabalho alheio pirateando softwares, haverá também quem deseje se explorar disso. Foi o que aconteceu nos últimos dias, com o surgimento de um novo e perigoso malware identificado como “WireLurker”.

Distribuído por meio de um repositório chinês de apps piratas para Mac, o software malicioso explorava uma brecha no iOS destinada à instalação de aplicativos corporativos via USB/Lightning para infectar iPads e iPhones/iPods touch — mesmo *sem* jailbreak. Uma vez instalado, o malware capturava dados pessoais (como contatos e mensagens) e os enviava para servidores remotos.

iPhone 5 e conector Lightning

A Apple foi rápida não só para reconhecer, mas para bloquear a falha cancelando os certificados de todos os apps infectados. Isso significa que ela consegue impedir uma maior disseminação do malware, mas não remove o software malicioso nos iGadgets já contaminados.

De acordo com a Palo Alto Networks, que detalhou todo o funcionamento do “WireLurker”, quase 500 aplicativos para Mac chegaram a ser infectados pelo malware. Entre eles estavam jogos como The Sims 3, Pro Evolution Soccer 2014, Bejeweled 3, Angry Birds e muitos outros baixados centenas de milhares de vezes.

No caso desse malware, quem sempre baixa/compra aplicativos diretamente das desenvolvedoras oficiais ou de preferência pela Mac App Store não tem com o que se preocupar. Evite, também, conectar o seu iGadget a computadores alheios/não-confiáveis via USB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário