Propaganda Box

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Impressora rodando game


Depois de um caixa eletrônico  rodar o game Doom, chegou a vez das impressoras. Para mostrar as falhas de segurança existentes em dispositivos que formam a internet das coisas, o pesquisador de segurança Michael Jordon transformou a tela da impressora Canon Pixma em um videogame.

Segundo Jordon, a falha está no recurso de acesso remoto para checar o status. A interface utilizada para realizar a tarefa não tem nome de usuário ou senha. Assim, qualquer pessoa consegue acessar o status da impressora. Durante o processo, ele conseguiu quebrar a criptografia do sistema e instalar seu próprio firmware, que continha o game. O processo levou quatro meses para funcionar totalmente.

Criado exclusivamente para mostrar falhas de segurança na internet das coisas, Jordon explica como realizou a tarefa. Em resposta, a Canon afirmou que pretende fornecer uma correção o mais rápido possível e passará a adicionar nome de usuário e senha para os próximos modelos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário