Propaganda Box

terça-feira, 3 de junho de 2014

Novidades no OS X 10.10

Atenção, macmaníacos: a Apple apresentou hoje a nova versão do seu sistema operacional. Chamado de Yosemite, o OS X 10.10 promete uma revolução de design por todo o sistema operacional.

yosemite-logo-hero

É impossível não notar logo de primeira que os ícones foram completamente redesenhados. Com o padrão flat, lembra muito o iOS 7. Entretanto, os detalhes não estão restritos apenas aos ícones: toda a interface está mais colorida.

yosemite-desktop

No palco da WWDC, Craig Federighi destaca o quão trabalhoso foi criar os novos ícones – destacando a lixeira, que parece algo bem simples, mas que demorou muito tempo para ser feita.

O primeiro destaque foi o Finder, o explorador de arquivos do Mac. Ele funciona de uma forma mais interativa com todo o sistema operacional. Por exemplo, o papel de parede do seu desktop muda de acordo com a navegação em cada pasta. Para permitir isso, tudo agora é translúcido, não sendo essa característica restrita apenas ao Safari.

yosemite-screenshot

 

A maior prova de que o OS X está se aproximando ao iOS começa com a Central de Notificações. Agora, além das notificações que você já conhece, existe um resumo do que vai acontecer no dia, como os próximos eventos no seu calendário e informações que podem ser relevantes, como a temperatura no momento, os resultados de um jogo de futebol e uma útil calculadora. Em outra aba, se encontram todas as notificações.

os-x-yosemite-central

O Spotlight recebeu uma muito bem-vinda reformulação. Em vez de ficar apenas no cantinho, como no Mavericks e anteriores, a busca passa a ser exibida no centro da tela (sim, lembra bastante o aplicativo Alfred). Além de buscar, ela está muito mais inteligente: exibe resultados da Wikipedia e permite alguns tipos de conversões, como do sistema imperial para o sistema métrico.

os-x-yosemite-busca

Quem ganhou grandes reformulações foi o Safari. O navegador agora tem uma aparência mais compacta e todos os controles se concentram em apenas uma linha. Antes tarde do que nunca, agora é possível abrir abas anônimas ao mesmo tempo que as abas convencionais, sem interferir na sua navegação. Além disso, a organização de abas abertas está muito melhor: em vez delas comprimirem cada vez mais, você poderá navegar entre elas rolando com seu mouse ou trackpad.

Além disso, sua performance foi completamente otimizada. Com a nova versão, a Apple promete que a bateria vai durar mais duas horas assistindo vídeos em Full HD através do Netflix.

Junto com o Yosemite, a Apple está trazendo o iCloud Drive, uma forma de levar arquivos de verdade (como no Dropbox ou Google Drive, por exemplo) entre dois computadores diferentes. O iCloud Drive também será compatível com Windows.

icloud-drive

Entretanto, integração entre diferentes Macs não é o único ponto forte do novo OS X. Agora, o Mac está ainda mais integrado com o iPhone e iPad. A continuidade entre dispositivos é constante e ações como continuar uma leitura no iPad que você começou no Mac está mais fácil do que nunca.

Isso acontece graças ao recurso chamado deHandoff: com um dispositivo iOS associado ao seu computador, é possível enviar para o dispositivo uma página da web uma foto, uma composição de email e outras coisas, clicando apenas em um botão. E a integração acontece em duas vias; portanto, você poderá continuar no Mac o que começou no seu dispositivo móvel.

os-x-yosemite-continuity

Uma novidade, muito desejada por donos de Macs e dispositivos iOS, é que o AirDrop agora funciona entre todos esses dispositivos. Entretanto, o mais impressionante é que com o Yosemite será possível enviar e receber SMS e ligações pelo próprio computador. Isso não dependerá da assinatura de nenhum serviço: o seu iPhone vira um gateway e redireciona as ligações e mensagens ao Mac, sem fio algum. Portanto, manter o iPhone perto do Mac será algo cada vez menos necessário – ele poderá morar no carregador na maioria das vezes.

Numa demonstração, Federighi recebeu uma ligação de sua mãe e fez outra para Dr. Dre, tudo diretamente do iMac de demonstração:

os-x-yosemite-ligacao

Por fim, outra boa novidade é o Instant Hotspot: não será mais necessário ativar o Personal Hotspot no iPhone ou iPad para depois conectar no Mac. Ao clicar no ícone de conexões Wi-Fi no Mac, seu próprio dispositivo aparecerá (inclusive com indicador de sinal!) e, ao clicar nele, o hotspot é imediatamente ativado.

O OS X Yosemite foi apenas apresentado hoje. Seu lançamento deve acontecer no outono americano, que equivale à nossa primavera. Isso significa que, em meados de setembro ou outubro, ele estará finalmente disponível para todos. Assim como aconteceu com o OS X Mavericks, o Yosemite será gratuito e disponibilizado na Mac App Store.


Nenhum comentário:

Postar um comentário