iPad Air é o novo modelo do tablet da Apple

O aparelho chega aos Estados Unidos e mais 41 mercados  em 1º de novembro por a partir de US$ 500. O Brasil ficou de fora do lançamento mundial.

O modelo com 4G será vendido por a partir de US$ 630.

A tela tem 9,7 polegadas e 7,5 mm de espessura e pesa 453 gramas. A geração anterior tinha 9,7 mm. A Apple considera o iPad Air o tablet de tela grande mais leve do mundo.

Ele possui conexão com redes de internet móvel 4G e apresenta o processador A7, de 64-bit. O tablet tem câmera iSight de 5 MP, câmera frontal FaceTime HD, e, pela primeira vez, dois microfones.

Contrariando as expectativas, o tablet não tem o Touch ID, sensor de impressões digitais usado no iPhone 5S.

Em 1º de novembro, o iPad Air chega em 42 mercados: Austrália, Áustria, Bélgica, Bulgária, Canadá, China, Croácia, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Letônia, Lichtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Montenegro, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Porto Rico, Romênia, Cingapura, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia, Suíça, Estados Unidos e Reino Unido. Porto Rico é o único país latino a receber o novo iPad.

O iPad 2 continuará sendo vendido por a partir de US$ 400 nos Estados Unidos.

iPad mini 
O novo iPad mini, tablet com display de 7,9 polegadas da Apple, chega com tela de "Retina", que apresenta resolução igual ao iPad Air (2048x1536 pixels), usa processador A7, de 64-bit, o mesmo do iPhone 5S. Também possui câmera iSight, FaceTime HD e vem na cores prata e cinza espacial

Ele chega também em de novembro por a partir de US$ 400, mas sem data definida. O modelo com conexão à redes móveis 4G sai por a partir de US$ 530.

O modelo antigo também continuará sendo vendido e o preço foi reduzido para US$ 300.

Até o começo de outubro, a Apple vendeu 170 milhões de iPad em todo o mundo, de acordo com Tim Cook, presidente-executivo da empresa durante o evento realizado em San Francisco, nos Estados Unidos.

O uso do iPad chega a 81% contra 19% das outras marcas. "O iPad é utilizado quatro vezes mais do que quaisquer outros tablets combinados", disse Cook. Do 1 milhão de aplicativos que a App Store possui, 475 mil são exclusivos para iPad.

Novo iPad mini tem tela de Retina, com maior resolução

Novos computadores 
A Apple atualizou sua linha de notebooks topo de linha MacBook Pro. Os novos aparelhos chegam aos Estados Unidos por a partir de US$ 1,3 mil, US$ 200 mais barato do que os modelos anteriores. 

O valor é para o MacBook Pro com tela de 13 polegadas, que chega pesando 1,56 Kg e tem 1,8 cm de espessura. Sua configuração apresenta processador core i5, 4GB de RAM e 128 GB SSD. Os dados são da configuração básica.

Já o MacBook Pro com tela de 15 polegadas chega aos EUA por US$ 2 mil, US$ 200 mais barato do que a versão anterior. Ele é equipado com processador i7 quad-core, 8 GB de RAM e 256GB de SSD. 

Os aparelhos, que tem processadores de nova geração Haswell, da Intel, bateria com 9 horas de duração e começam a ser vendidos nesta terça-feira nos Estados Unidos.

A Apple já divulgou os preço  , que podem custar de R$ 6 mil na versão mais básica até R$ 13 mil na configuração mais pontente, com prazo de entre entre duas e três semanas.

Mac Pro 
O novo Mac Pro, computador mais potente da Apple, tem como destaque a possibilidade de rodar imagens em até três monitores com resolução 4K, quatro vezes maior resolução do que os monitores Full HD. De acordo com a Apple, é possível editar vídeos nesta altíssima resolução em tempo real.

Craig Federighi, vice-presidente de engenharia de software da Apple, apresenta o novo sistema operacional para computadores de mesa, OS X Mavericks.

Um dos destaques do aparelho é o design, que o faz parecer um abajur pequeno e é fabricado nos Estados Unidos. A Apple afirma que ele consegue fazer uma economia de até 70% no consumo de energia se comparado ao modelo anterior.

A configuração básica do aparelho é um processador de 3,7 GHz de quatro núcleos, 12 GB de RAM, 2 GB de VRAM para vídeo, 256 GB de espaço em disco SSD, duas placas de vídeo ForePro D300.

O aparelho chega aos Estados Unidos por US$ 3 mil em dezembro. Ele também teve o preço divulgado no Brasil, e sai por R$ 17 mil, no entanto, também chega apenas no fim do ano.

iLife e iWork 
A empresa apresentou novas versões do pacote iLife (iPhoto, iMovie e Garage Band), tanto para iOS 7 quanto para o OS X Mavericks. A suíte será gratuita para usuários que comprarem novos dispositivos iOS ou Mac, e a atualização estará disponível nesta terça-feira (22).

O pacote de produtividade iWork (que inclui os softwares Pages, Numbers e Keynote) também recebeu atualização, com uma interface inspirada no iOS 7. A suíte de aplicativos será gratuita nos novos aparelhos iOS ou Mac e a atualização também poderá ser baixada nesta terça.

Sistema operacional Mavericks 
A Apple também apresentou novidades do novo sistema operacional dos Macs, o OSX Mavericks, que promete aumentar a vida útil da bateria em até 1 hora uso. O software pode alocar quantidades de RAM diferentes para a CPU e GPU, dependendo do tipo de tarefa que está sendo realizada. O programa quer melhorar o desempenho dos Macs aprimorando o uso do sistema e do processador.

Há a possibilidade de adicionar etiquetas para tipos diferentes de arquivos, permitindo criar uma divisão entre documentos de trabalho e escola, por exemplo. Isso também facilita a busca de determinados arquivos nas pastas.

O navegador Safari agora mostra links compartilhados por seus contatos em redes sociais, e o Mavericks permite que o usuário responda às notificações sem precisar entrar em serviços como o iMessage.

A atualização do Mac para o novo sistema operacional será gratuita e ocorrerá até em versões do OSX antigas. De acordo com a Apple, mesmo se o usuário estiver em uma versão antiga do sistema, o upgrade será gratuito, desde que a máquina seja compatível .

Os aparelhos compatíveis são iMac e MacBok Pro lançados a partir de 2007; Macbook Air, MacBook e Mac Pro a partir de 2008; e Mac mini lançado a partir de 2009.

Produtos fazem sucesso 
Como em todos os eventos, Cook traz dados sobre vendas dos produtos da companhia. Segundo ele, 9 milhões de novos iPhones foram vendidos no primeiro final de semana de disponibilidade dos aparelhos em nove mercados em setembro. "Este é o maior lançamento de iPhones de todos os tempos", disse o executivo.

Tim Cook, presidente executivo da Apple, participa da série de apresentações que a fabricante realiza nesta terça-feira (22), em San Francisco, nos EUA.

Cinco dias após o lançamento do iOS 7, sistema utilizado em iPhone, iPad e iPod touch, mais de 200 milhões de aparelhos já rodavam o sistema operacional, de acordo com dados da Apple. "O maior upgrade de software da história", de acordo com Cook, o que representa 64% dos dispositivos com a nova versão do software 

Sobre o iTunes RadioSobre, serviço de músicas on-line e gratuito da Apple, 20 milhões de usuários ouviram no total de 1 bilhão de músicas desde o lançamento do serviço em junho deste ano.

A loja de aplicativos App Store já possui mais de 1 milhão de aplicativos, totalizando mais de 60 bilhões de downloads.

De acordo com Tim Cook, a Apple já pagou mais de US$ 13 bilhões aos desenvolvedores de aplicativos em todo o mundo.